Saturday, September 6, 2008

Estacao Paissandu

Eu nao fui da geracao paissandu, mas confesso que lá vivi muito bons momentos. Cinéfila, já enfrentei muitas filas para assistir clássicos e filmes do mundo a fora. Na maratona entre salas de cinema durante o Festival do Rio, o Estacao Paissandu era a minha sala predileta. E tinha gosto de Maúcha... e fim de noite nos bares da regiao.
Quando li sobre o fim deste cinema, fiquei super triste. Isso significa uma grande perda para a cultura carioca, tanto históricamente quanto culturalmente. Justamente quando a atitude deveria ser oposta, a do incentivo de criacao de mais sala de exibicao focadas em mostrar clássicos e filmes alternativos...

Este texto foi me enviado pelo amigo Bruno Mendes:


Rio will loose after this weekend one of their street movie theaters. After years of resistence, Cine Paissandu will have their doors shutted next sunday, august 31st, and no one knows till now what will happen. The cult art distribution group Estação tried to find partners to make it into two rooms and keep it opened, but didnt work.
The most important time from Cine Paissandu was in the 60s, while all the intelectual youth of Rio gathered to see all the Truffaut, Godard, Resnais, Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, and after fight the military dictatorship.
So to celebrate all this gold era, from friday until sunday (august 29th to 31st), the theater will be open showing all these movies that were important to them, and the sessions will cost only R$ 1 (yes, one real). The list wasnt released yet, but as soon as I know, I will post here. I will try to see some classics there.
http://cinemagia.wordpress.com/2008/08/25/rj-estacao-paissandu-the-end/
Quantas vezes já citei o grupo estacao e suas salas de cinema em conversas com amigos de Reykjavik. Lá eles estao criando esse espaco para clássicos e world film, no Brasil eles estao destruindo... que ironia! Eu que sempre tive orgulho e hoje me sinto frustada com a falta de incentivo cultural, com o descaso e desrespeito com a memória da cultura brasileira.
Só espero que aquele espaco nao vire mais uma igreja...

2 comments:

Marcela said...

Aline, este fim de semana estive em um casamento em que encontrei o Erik e Brunão, todos casados e o com filho. Me senti uma velha! hehehe

Juliana Zaroni said...

Recebi esta semana sua carta, e adorei todas as suas palavras! Responderei as saudades no papel, prefiro - ainda que isto aqui seja uma ferramenta e tanto! Posso mandar para o endereço que estava no envelope mesmo? Beijocas, JU